Dores de cabeça sentimentais

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Dores de cabeça sentimentais

Mensagem por Mizuki em Qua Mar 04, 2015 9:52 am

Desde que me lembro, o amor nunca foi um assunto fácil pra mim.

Quando eu era menor, era normal pra mim vê-lo retratado em histórias, em filmes, em livros e essas coisas, mas eu não o sentia. Embora a ideia de ter alguém ao meu lado no futuro fosse algo comum, assim como eu não ligava muito pro que pensavam de mim ou se eu tinha amigos ou não, eu também não pensava nesse assunto e estava bem assim. Mas vale ressaltar que nunca acreditei num príncipe encantado... Nem tinha como, sendo que todos os meninos que eu conhecia me maltratavam tremendamente e me faziam ter horror a qualquer ser do sexo masculino. E eu permaneci assim por toda a minha vida escolar, e cheguei a desenvolver um medo enorme de me decepcionar se encontrasse alguém. Até usavam a hipótese de eu gostar de alguém como motivo pra me importunarem mais, por isso eu nem tentava.

Eu saí do ensino médio amargurada, sem vontade de tentar o que quer que fosse: Vestibular, trabalho... E relacionamentos muito menos. Eu me tranquei em casa e me limitei a conversar com meus amigos da internet. Foi graças à ela que descobri que existem caras legais, e onde consegui fazer amizade com alguns pela primeira vez. Logo isso se tornou normal, e conforme o tempo foi passando, eu desenvolvi algum interesse pelo assunto e acabei tendo o meu primeiro namoro, à distância. Não gosto de lembrar do tanto que sofri pra contar pros meus pais sobre ele e sobre o fato de que ele vinha me visitar, mas enfim, ele veio. Foi quando aconteceu meu primeiro beijo, quando tive um contato assim com alguém pela primeira vez na vida e etc, essas coisas... Mas as coisas não mudaram pra melhor.

Com o tempo, os temores que eu tinha mais ou menos do começo da adolescência pra frente começaram a se concretizar. Fui traída após um ano e meio, coisa que eu não esperava de um primeiro namoro. Superei bem pelo simples fato de ter começado tudo isso porque ele pediu e não porque nossa, nos apaixonamos e foi. Pois é, eu aceitei uma declaração de amor de um cara por quem antes eu não tinha interesse nenhum, porque achei que tinha uma chance de descobrir o que era um relacionamento e quem sabe ficar mais feliz com isso, apesar da distância. Me enganei, é claro. O segundo durou três meses, e o sentimento aconteceu naturalmente, mas sendo que nenhum de nós tinha o necessário pra pelo menos algumas visitas esporádicas, acabou. Agora sou forçada a vê-lo com uma amiga nossa (com quem eu desabafei sobre o término com ele, inclusive) que tem justamente a possibilidade de visitá-lo. Vida irônica, irônica demais...

O que eu quero dizer com tudo isso? Que as coisas são complicadas demais.

Nesse segundo relacionamento, eu pude ao menos descobrir que era capaz de amar de verdade. Antes, eu cheguei a duvidar até disso, porque nunca gostava de ninguém profundamente. E nesse sentido, acabei por sofrer um pouco mais. Pensei que ficaria bem, mas desde então só têm surgido mais dúvidas sobre tudo o que diz respeito ao amor pra mim.

Uma coisa que tem se confirmado, mais do que nunca, é que só algumas semelhanças entre eu e alguém não são suficientes. Não adianta a pessoa gostar de assistir as mesmas coisas que eu e ter algumas opiniões iguais, isso não basta pra que eu me apaixone. Há algo mais que é necessário, uma identificação "de almas", por assim dizer. Eu preciso me identificar com a pessoa, com quem ela é, com a maneira dela de pensar e ver a vida. Eu, por natureza, tenho o desejo de encontrar alguém que seja capaz de ver as coisas com os mesmos olhos que eu, ao menos em algumas coisas. Alguém que seja capaz de notar os detalhes ao seu redor, e não me achar estranha por reparar tanto em coisas como a forma e as cores das nuvens, o ascender da lua no céu e os desenhos que as estrelas são capazes de formar. Alguém que fosse capaz de admirar essas coisas comigo, rir dos mesmos assuntos e de me aceitar e entender, apesar do quão imperfeita eu sou.

Mas é muito difícil continuar acreditando que isso é possível. Não encontro pessoas desse tipo, e quando encontro, geralmente é na mesma situação dos meus relacionamentos anteriores - alguém distante. E por não querer me submeter mais ao sofrimento, eu tento notar quem está próximo de mim, mas tendo a não ver nada nessas pessoas. Se vejo, a grande possibilidade é a de não conseguir me aproximar e quebrar aquela "parede" que separa uma pessoa comum de um possível interesse amoroso. Sei que a maioria das pessoas não é capaz de me ver dessa última forma, até porque não tenho nada de tão especial ou atrativo na minha aparência. Pelo que posso notar, me encaixo mais no perfil de colega ou amiga doida/estranha do que qualquer coisa. E digamos que a minha "loucura" dificilmente é parecida com a de quem está ao meu lado.

Por alguma razão, eu sinto que só alguns caras tão problemáticos quanto eu (pra essas e outras coisas) seriam capazes de ver algo mais em mim, e eu por vezes me sinto atraída por alguns assim. Afinal, pra que os caras normais iriam querer alguém como eu, sendo que tem tantas garotas normais, mais alegres e bem resolvidas por aí? Muitas pessoas, como meus pais e meus amigos, dizem que "a hora ainda não chegou", mas eu não acredito em algo assim. Por acaso o destino iria fazer eu encontrar alguém desse jeito, quando chegasse um tempo pré-determinado? Eu duvido. Esperar e ter paciência dificilmente me traz qualquer coisa de relevante. Mas eu também não sei como agir pra que as coisas mudem. Posso ter entrado na faculdade e conhecido pessoas novas, mas são essas novas experiências que estão me fazendo voltar a pensar em todas essas coisas. É ruim, é exaustivo... Eu só queria que, uma vez na vida, as coisas fossem mais fáceis.

Mizuki
Hysterical Twins
Hysterical Twins

Bromithia Feminino
Mensagens : 10125
Ka$h : 64035
Likes : 180
Data de inscrição : 04/01/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dores de cabeça sentimentais

Mensagem por LucasDoA em Qua Mar 04, 2015 12:03 pm

Eu te entendo muito bem, Mizuru.
Eu cresci assistindo a filnes românticos, então admiti para mim mesmo que felicidade só vinha com o amor certo, fiquei obcecado em me apaixonar e ser amado também.
Mas o tempo foi passando e isso nunca aconteceu, mesmo entendo que eu fosse jovem demais, mas ninguém tem apenas um relacionamento na vida, todos têm os que falham, dão errado, e à minha volta, todos estavam em relacionamentos assim, menos eu.
Sempre fui afastado na vida também, por isso busquei internet através de fóruns e fiz boas amizades e também me apaixonei.
Foi um relacionamento a distância, durou 9 meses e nunca nos vimos pessoalmente. No fim, ela terminou comigo para ficar com outro, alguém perto dela.
Foi horrível, eu fui pra fossa, fiquei muito mal e infeliz.
Desde então, não tive mais nenhum relacionamento, mas beijei pela primeira vez, e consegui amigos por aqui.
Sofro do mesmo problema que você, não sei como demonstrar a alguém que eu quero algo mais do que amizade, não sei nem conhecer gente nova, se eles não vem falar comigo, não nos conhecermos. Sou tímido sim, embora muita gente ache que não porque toda vez que alguem novo no grupo eu já o trate bem e naturalmente. Mas são casos especiais.
Eu ainda não comecei a faculdade, mas espero conchecer gente nova e talvez mudar tudo isso que já me aconteceu, estou cansado das coisas nunca darem certo, sempre sou eu o infeliz.
Não quero um amor verdadeiro e já não acredito que a felicidade venha apenas com esse sentimento, mas é algo que eu quero experimentar. Já foram 18 anos e nada.
Agora mesmo me vejo na mesma situação de sempre, eu apaixonado por alguém com quem não posso ter nada e é horrível.
Às vezes só queria ser um cara normal mesmo, desses que vão a academia, discutem sobre futebol, política e religião sem entender porra nenhuma e vão a festas "pegar" mulheres. A vida com certeza é mais fácil para eles.

_________________
Spoiler:
avatar
LucasDoA
Sadistic Gangster
Sadistic Gangster

Valentine Masculino
Clã : We are Infinite
Mensagens : 16716
Ka$h : 30562
Likes : 184
Data de inscrição : 19/07/2013
Idade : 21


http://www.cronicasdeumotaku.tumblr.com https://myanimelist.net/profile/LucasDoAX

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dores de cabeça sentimentais

Mensagem por Excalibur em Qua Mar 04, 2015 12:19 pm

Olha, você pode se tornar uma pirata...
Mas piratas não aceitam mulheres nos navios ...

Hum....

Já sei! Uma Sacerdotisa de Hera ou Ártemis!
Mas elas são feminazi... Uma e por culpa de Zeus e a outra em nem sei... Acho que por culpa de Apolo.

Bom, oque vc diz com normal? Se vc quer dizer com normal, pessoas que fazem coisas quase que parecidas ou característica parecidas, como ser extrovertida. Isso torna vc normal tbm, pois vai ter alguém que vai ter características parecidas com vc tbm.
e.e

Lidar com pessoas é problemático... Umas tem probleminhas outras PROBLEMÕES, mas isso é questão de encontrar alguém que aguente seus problemas e vc os dele e.e

E nem sempre o seu melhor parceiro será quem é parecido com vc, ou que gosta de assistir as mesmas coias...
Até pq 7 bilhões de pessoas no mundo... Provavelmente alguém que vc não gosta ou que você não gostará, gosta de assistir as mesmas coisas. Isso não é um bom indicativo.

Bom, o fato de vc encontrar mais pessoas que te atraem na internet e longe e é vc passa mais tempo aqui, ou pq aqui vc esta mais disposta a conhecer novas pessoas, mas desinibida. Me falaram isso da forma "Faça o que eu falo, não faça o que eu faço" e eu te digo a mesma coisa da mesma forma. Aproveite que esta na faculdade e converse com as pessoas do seu curso, de outros curso se "enturme", você vai conhecer muita gente babaca, mas vai conhecer muita gente bacana tbm.

E isso me parece algo normal, é só questão de paciência.
E me lembra o trecho de uma música:

"Se você saiu por aí, e não conseguiu arranjar alguém,
Deixe que alguém, saia por aí, e consiga arranjar você"
avatar
Excalibur
Maniac Coward
Maniac Coward

Bromithia Masculino
Mensagens : 1880
Ka$h : 5331
Likes : 35
Data de inscrição : 05/06/2011
Idade : 21

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dores de cabeça sentimentais

Mensagem por Mizuki em Qui Mar 05, 2015 4:37 am

LucasDoA escreveu:Eu te entendo muito bem, Mizuru.
Eu cresci assistindo a filnes românticos, então admiti para mim mesmo que felicidade só vinha com o amor certo, fiquei obcecado em me apaixonar e ser amado também.
Mas o tempo foi passando e isso nunca aconteceu, mesmo entendo que eu fosse jovem demais, mas ninguém tem apenas um relacionamento na vida, todos têm os que falham, dão errado, e à minha volta, todos estavam em relacionamentos assim, menos eu.
Sempre fui afastado na vida também, por isso busquei internet através de fóruns e fiz boas amizades e também me apaixonei.
Foi um relacionamento a distância, durou 9 meses e nunca nos vimos pessoalmente. No fim, ela terminou comigo para ficar com outro, alguém perto dela.
Foi horrível, eu fui pra fossa, fiquei muito mal e infeliz.
Desde então, não tive mais nenhum relacionamento, mas beijei pela primeira vez, e consegui amigos por aqui.
Sofro do mesmo problema que você, não sei como demonstrar a alguém que eu quero algo mais do que amizade, não sei nem conhecer gente nova, se eles não vem falar comigo, não nos conhecermos. Sou tímido sim, embora muita gente ache que não porque toda vez que alguem novo no grupo eu já o trate bem e naturalmente. Mas são casos especiais.
Eu ainda não comecei a faculdade, mas espero conchecer gente nova e talvez mudar tudo isso que já me aconteceu, estou cansado das coisas nunca darem certo, sempre sou eu o infeliz.
Não quero um amor verdadeiro e já não acredito que a felicidade venha apenas com esse sentimento, mas é algo que eu quero experimentar. Já foram 18 anos e nada.
Agora mesmo me vejo na mesma situação de sempre, eu apaixonado por alguém com quem não posso ter nada e é horrível.
Às vezes só queria ser um cara normal mesmo, desses que vão a academia, discutem sobre futebol, política e religião sem entender porra nenhuma e vão a festas "pegar" mulheres. A vida com certeza é mais fácil para eles.
Acho que pra pessoas como nós, relacionamentos online em geral são muito mais fáceis. Sempre há aqueles que não se sentem tão bem com a própria aparência e atitudes (meu caso) ou que não se expressa nem se encaixa tão bem em muitas situações (meu caso²), e acaba sendo um alívio falar com alguém sem que essa pessoa saiba o que você está fazendo, quais são suas expressões no momento... Foram tantas as vezes que chorei enquanto desabafava com alguém online, justamente por ninguém estar me vendo...

Eu entendo isso, e tenho sentado com um garoto no ônibus que é mais ou menos do mesmo jeito. Só que a questão é que ele não faz isso por timidez, mas simplesmente porque não sente necessidade de ficar falando com todo mundo, mesmo comigo, que sou a pessoa que mais conversa com ele... Entre algumas semelhanças que me fizeram gostar dele e diferenças que me fazem duvidar que algo pudesse dar certo entre nós. Eu consigo ser bem falante quando quero e puxo assunto com as pessoas até facilmente, mas é comum que não me deem atenção ou que o diálogo simplesmente não vá pra frente, e eu detesto isso =/

Acredito que você consegue, mesmo. Essas coisas são complicadas, mas me parece que aos poucos você já está progredindo. Te desejo toda a sorte ><

Excalibur escreveu:Olha, você pode se tornar uma pirata...
Mas piratas não aceitam mulheres nos navios ...

Hum....

Já sei! Uma Sacerdotisa de Hera ou Ártemis!
Mas elas são feminazi... Uma e por culpa de Zeus e a outra em nem sei... Acho que por culpa de Apolo.

Bom, oque vc diz com normal? Se vc quer dizer com normal, pessoas que fazem coisas quase que parecidas ou característica parecidas, como ser extrovertida. Isso torna vc normal tbm, pois vai ter alguém que vai ter características parecidas com vc tbm.
e.e

Lidar com pessoas é problemático... Umas tem probleminhas outras PROBLEMÕES, mas isso é questão de encontrar alguém que aguente seus problemas e vc os dele e.e

E nem sempre o seu melhor parceiro será quem é parecido com vc, ou que gosta de assistir as mesmas coias...
Até pq 7 bilhões de pessoas no mundo... Provavelmente alguém que vc não gosta ou que você não gostará, gosta de assistir as mesmas coisas. Isso não é um bom indicativo.

Bom, o fato de vc encontrar mais pessoas que te atraem na internet e longe e é vc passa mais tempo aqui, ou pq aqui vc esta mais disposta a conhecer novas pessoas, mas desinibida. Me falaram isso da forma "Faça o que eu falo, não faça o que eu faço" e eu te digo a mesma coisa da mesma forma. Aproveite que esta na faculdade e converse com as pessoas do seu curso, de outros curso se "enturme", você vai conhecer muita gente babaca, mas vai conhecer muita gente bacana tbm.

E isso me parece algo normal, é só questão de paciência.
E me lembra o trecho de uma música:

"Se você saiu por aí, e não conseguiu arranjar alguém,
Deixe que alguém, saia por aí, e consiga arranjar você"
De pirata eu tenho até um pingentão de âncora, só faltava o resto da roupa. E sabe que eu sou fascinada por Artémis desde criança? Huhauhauhauhauhauhauh

Digo "normal" no sentido de não pensar tanto nessas coisas. De não se sentir deprimido e esquecido o tempo todo, nem se sentir tão sem esperança. As pessoas normais a que me refiro são essas que levam a vida tranquilamente, ignorantes a tudo o que diga respeito a questões profundas da alma ou da mente. Por que um cara desse tipo, que leva a vida de boa e é extrovertido, se interessaria por alguém com todos esses problemas, se há tantas meninas como ele, normais? E muitas bem mais bonitas, diga-se de passagem...

Eu sei. Eu quero amar tanto quanto quero ser amada, e sei que oferecer amor a alguém significa lidar com os problemas e traumas que essa pessoa pode vir a ter. Dependendo do caso, eu estaria disposta a aceitar e ajudar no que pudesse. Sei que existem muitas pessoas diferentes por aí e que poderiam combinar comigo de alguma forma, mas depois do fracasso do meu primeiro namoro, onde aceitei ficar com um cara que tinha muitas diferenças em relação a mim e não deu certo, eu fico com o pé atrás. E é muito raro que esses caras me atraiam ou me passem segurança de alguma forma... O rapaz do ônibus que citei ali em cima é um exemplo: Ele é legal e temos gostos parecidos, além de rirmos juntos de várias situações do dia a dia, mas ele não entende essas angústias e desejos que eu tenho, até por demonstrar nunca ter sentido nada do tipo e nem pensado no assunto. Ele parece sentir de uma forma completamente diferente de mim, e não sei se ele sequer me considera uma amiga, quem dirá algo mais... Por isso eu disse que gostos em comum e essas coisas não bastavam.

Eu acho que tem muito a ver com a forma com que as pessoas me olham: Eu me sinto insegura quanto à minha aparência quase o tempo todo... Não gosto tanto do meu corpo, ou do meu rosto. Não gosto de como as roupas que eu tenho me caem, entre outras coisas. Na internet, posso estar sempre "bem arrumada" com sets, e além do mais, o que eu digo importa mais do que a minha aparência quando estou na net. Além de não precisar ficar tentando chamar a atenção quando quero falar e tal. Então sim, a internet sempre foi o modo mais fácil de me relacionar. Não que eu não tente ou nunca consiga em off, mas eu tenho sempre que me esforçar pra que reparem em mim e lembrem de mim. Do contrário, é como se eu deixasse de existir, e isso é exaustivo.

Estou tentando e conheci algumas pessoas legais, mas não sei o que pode acontecer ainda. Eu estudo em outra cidade e a esmagadora maioria das pessoas é de lá mesmo ou de outras cidades ainda mais longe. Não posso ter tanta esperança assim, porque podia acabar num relacionamento a distância outra vez.

Mizuki
Hysterical Twins
Hysterical Twins

Bromithia Feminino
Mensagens : 10125
Ka$h : 64035
Likes : 180
Data de inscrição : 04/01/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dores de cabeça sentimentais

Mensagem por Cyber-Kun em Qui Mar 05, 2015 1:02 pm

Eu ia comentar ontem mas acabei não fazendo, não do tipo que posta, sou do tipo que stalkeia, afinal não bom com postagens construtivas ja que eu sou péssimo com textos longos... sou mais o membro da conversa informal e curta -q

Por muito tempo eu questionei a existência do que eu chamo de amor, considerando que isso que as pessoas chama de amor para mim não chega a 10% do que seria amor, mas isso é algo que nem eu consegui chegar uma conclusão total ainda...

Eu ainda tenho mais algumas preocupações por que alem do "amor" eu ainda busco por amizades, coisa que até na internet é meio difícil para mim. Mas uma coisa eu sempre achei: É mais fácil encontrar o amor na internet, da mesma forma que é mais fácil se decepcionar com ele. Eu ainda acho a internet um lugar muita melhor que a vida real. Isso das pessoas de "ah, distancia e não sei oque" é desculpa de quem não quer amar. Amor é amor, Amor é algo que não depende de um físico, Duas almas podem estar ligadas mesmo que em universos diferentes, pois a alma não é físico. Isso que as pessoas tem de precisar do outro, ver o outro e talz não é amor. Eu acho que se alguém diz que a distancia atrapalha o relacionamento este alguém precisa rever seus conceitos de amor. O problema é que sempre um dos lados pensa assim. "Apareceu alguém perto de mim" ou  "A distancia tem me feito sofrer" são desculpas de pessoas que não souberam amar de verdade, e apenas "deixaram rolar" para ver no que dava, e quando apareceu uma opção melhor, descartou o parceiro para viver fisicamente.

No geral, minha vida amorosa se resumiu a problemas. No inicio eu era meio idiota, mas acho que faz parte do aprendizado. E ai que entra a injustiça do mundo em minha visão. Pessoas normais, pessoas idiotas(no sentido de valores), sempre tem mais facilidade. Eu sempre vi todo mundo na "pegação", quem não curtia muito a pegação acabava tendo namoros e talz, mas nenhum era "o amor", era apenas uma pegação com uma pessoa só -q. E até os relacionamentos que tive logo no começo[todos virtuais btw] foram mais numerosos, quando eu amadureci e comecei a dar valor ao amor e repudia esses desejos carnais que consomem os humanos e percebi que tudo se tornou difícil se não impossível. Como se o certo fosse errado aos olhos do mundo. E até hoje isso é uma das poucas coisas que realmente me fazem sofrer. No geral eu vi que quanto mais presencial se tornava um relacionamento, menos amor ele tinha. Por isso que amor é aquele que é construido completamente a distancia, para talvez um dia se tornar algo presencial. Bom pelo menos é minha opinião.
avatar
Cyber-Kun
Autist Bastard
Autist Bastard

Masculino
Mensagens : 276
Ka$h : 2217
Likes : 7
Data de inscrição : 01/05/2014
Idade : 20
Localização : Em algum canto escuro


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dores de cabeça sentimentais

Mensagem por Mizuki em Seg Mar 09, 2015 12:36 am

Cyber-Kun escreveu:Eu ia comentar ontem mas acabei não fazendo, não do tipo que posta, sou do tipo que stalkeia, afinal não bom com postagens construtivas ja que eu sou péssimo com textos longos... sou mais o membro da conversa informal e curta -q

Por muito tempo eu questionei a existência do que eu chamo de amor, considerando que isso que as pessoas chama de amor para mim não chega a 10% do que seria amor, mas isso é algo que nem eu consegui chegar uma conclusão total ainda...

Eu ainda tenho mais algumas preocupações por que alem do "amor" eu ainda busco por amizades, coisa que até na internet é meio difícil para mim. Mas uma coisa eu sempre achei: É mais fácil encontrar o amor na internet, da mesma forma que é mais fácil se decepcionar com ele. Eu ainda acho a internet um lugar muita melhor que a vida real. Isso das pessoas de "ah, distancia e não sei oque" é desculpa de quem não quer amar. Amor é amor, Amor é algo que não depende de um físico, Duas almas podem estar ligadas mesmo que em universos diferentes, pois a alma não é físico. Isso que as pessoas tem de precisar do outro, ver o outro e talz não é amor. Eu acho que se alguém diz que a distancia atrapalha o relacionamento este alguém precisa rever seus conceitos de amor. O problema é que sempre um dos lados pensa assim. "Apareceu alguém perto de mim" ou  "A distancia tem me feito sofrer" são desculpas de pessoas que não souberam amar de verdade, e apenas "deixaram rolar" para ver no que dava, e quando apareceu uma opção melhor, descartou o parceiro para viver fisicamente.

No geral, minha vida amorosa se resumiu a problemas. No inicio eu era meio idiota, mas acho que faz parte do aprendizado. E ai que entra a injustiça do mundo em minha visão. Pessoas normais, pessoas idiotas(no sentido de valores), sempre tem mais facilidade. Eu sempre vi todo mundo na "pegação", quem não curtia muito a pegação acabava tendo namoros e talz, mas nenhum era "o amor", era apenas uma pegação com uma pessoa só -q. E até os relacionamentos que tive logo no começo[todos virtuais btw] foram mais numerosos, quando eu amadureci e comecei a dar valor ao amor e repudia esses desejos carnais que consomem os humanos e percebi que tudo se tornou difícil se não impossível. Como se o certo fosse errado aos olhos do mundo. E até hoje isso é uma das poucas coisas que realmente me fazem sofrer. No geral eu vi que quanto mais presencial se tornava um relacionamento, menos amor ele tinha. Por isso que amor é aquele que é construido completamente a distancia, para talvez um dia se tornar algo presencial. Bom pelo menos é minha opinião.

Acho que não é tão simples assim. Porque, por mais forte que o sentimento seja, viver longe de quem se ama é muito sofrido. Quando você ama uma pessoa, o que quer fazer? Quer abraçá-la, quer beijá-la, quer olhar nos olhos dela e segurar suas mãos. Há uma grande felicidade em ser correspondido, mas isso não basta. É perfeitamente normal desejar que essa pessoa esteja perto de você, e você perto dela. E a parte carnal está incluída.

Sim, existem aqueles que não dão valor quando tem a possibilidade de estar com o namorado/a namorada sempre que querem, e infelizmente são muitos. Mas ao mesmo tempo, existem aqueles que entendem o quanto essa pessoa faria falta e aproveitam cada minuto que têm com ela. E eu particularmente creio que relações sexuais com quem se ama são muito diferentes daquelas que ocorrem por simples vontade. Quando há um sentimento envolvido, considero como uma forma ainda mais intensa de amar. A união da alma já está, por assim dizer, consumada, e uni-la à união física tornaria as coisas mais completas.

Por esses motivos, acho que rejeitar a parte sexual ou subestimar o contato real entre duas pessoas não ajuda. O amor pode ser imenso, mas não é um sentimento que se sustenta sozinho. E boa vontade nem sempre basta.

Mizuki
Hysterical Twins
Hysterical Twins

Bromithia Feminino
Mensagens : 10125
Ka$h : 64035
Likes : 180
Data de inscrição : 04/01/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dores de cabeça sentimentais

Mensagem por Sforza em Sex Mar 13, 2015 1:48 pm

Li os comentários de todos mas não vou responder citando nomes, porque acho que a conversa nos engloba né?
26 anos e ainda me questiono: é o amor ou sou eu?
Acho que é uma coisa relativa, e como foi dito, apenas ter gostos em comum ou apenas ter sentimentos não mantém uma relação, acho que é algo fácil que complicamos e nem sempre estaremos preparados. Não boto fé nessa de "ainda não chegou sua hora", mesmo porque parece que to esperando pra morrer, nem naquela de ainda não encontrar a pessoa certa. Eu até hoje invejo pessoas que tem bom relacionamento, que mesmo sem procurar ou querer se encontram e estão felizes, me sinto defeituosa de alguma forma, porque nunca deu certo comigo, as vezes nem amizades dão. Sei que meu jeito não ajuda, mas fui me moldando conforme ia quebrando a cara e deu nisso aqui. A gente se fecha de certa forma, evoluí ao contrário as vezes.
Também não tive sorte com nenhum relacionamento, cansei de ouvir "é complicado" quando aprece tão simples pra todos, quando acho que tudo vai ficar bem, acontece algo, acaba e fico menos confiante e esperançosa toda vez que dá errado. Tenho muito problema com a sexualidade, mas não porque eu não goste, mas porque geralmente o pretexto pra relação se manter é só esse, não amor + sexo, e vejo que não sou amada, sou um corpo, isso pra mi é tão errado, a pessoa mudar o modo de tratar por não ser sempre do jeito dela.

Por esses motivos, acho que rejeitar a parte sexual ou subestimar o contato real entre duas pessoas não ajuda. O amor pode ser imenso, mas não é um sentimento que se sustenta sozinho. E boa vontade nem sempre basta. escreveu:
Quando um não quer, dois não brigam né? A distância é mais complicado, se os dois não se empenham, um lado cansa... Se apenas um persiste, também. Ai nem sei mais o que dizer. Acho que já falei tanto contigo sobre que sequei o assunto kkkk hoje eu vivo mais solta, saio sem compromisso de vez em nunca, to aprendendo a ser sozinha.

_________________

Time waits for no one...


"A vida é como um rolo de papel higiênico: ou você está no rolo, ou está na merda"

Permitam aos meus filhotes crescer.:


Essa Sakura é especial Sfor
tem quatro stages
a maioria só tem três.
Divirta-se com ela.
By: Hikaru
avatar
Sforza
Schizophrenic Phantom
Schizophrenic Phantom

Prontera Feminino
Clã : Mugiwaras
Título de Nobreza : Condessa de Prontera
Mensagens : 13574
Ka$h : 43017
Likes : 84
Data de inscrição : 06/12/2011
Idade : 28
Localização : No lustre do castelo


https://myanimelist.net/profile/Sfor

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dores de cabeça sentimentais

Mensagem por TiNoSa em Sex Mar 13, 2015 3:15 pm

Eu nunca sei bem o que dizer quando leio reflexões desse tipo. Mas acho que essa sua frase exprime bem a minha opinião sobre o assunto:

Mizuki escreveu:O que eu quero dizer com tudo isso? Que as coisas são complicadas demais.

Acho que cada um tem sua maneira de entender e lidar com essas situações e não importa a forma como vêem o amor, é verdade que alguns se sentem mais realizados e outros menos. O que temos que fazer é tentar nos ajustar à nossa situação da maneira que nos faça sofrer menos. Tentar ver as coisas de uma maneira diferente, ou agir de maneira diferente, não sei, isso vai de cada um.

Ficou vago, eu sei, é que acho que não existe uma opinião mais correta que outra quando se trata de assuntos como esse.

De qualquer forma, espero que não demore pra você encontrar a felicidade na sua vida amorosa. Boa sorte, e se precisar desabafar de novo, estaremos aqui pra ouvir =)

_________________


Spoiler:






Clique e evolua essa relação, Tinoca. By: Hikaru
avatar
TiNoSa
Perverse Romanticism
Perverse Romanticism

Prontera Feminino
Clã : Nurture
Mensagens : 19892
Ka$h : 91225
Likes : 476
Data de inscrição : 13/11/2011
Idade : 25
Localização : Treasure Town


http://tinosa.deviantart.com/ https://myanimelist.net/profile/TiNoSa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dores de cabeça sentimentais

Mensagem por Ma em Seg Mar 23, 2015 8:29 pm

Vou falar, já que o Ruu não está aqui e se fofocarem pra ele, não me importo. E sim, ele é muito cara de pau. Não vou te machucar mais Mizu, mas preciso dizer que já pediu coisas pra mim e tenho a quase plena certeza de que vocês estavam namorando (motivo de que cortei pra sempre ele da minha lista de amizades ou conhecidos).

No quesito de encontrar alguém e se decepcionar é normal, de uma forma bem infeliz. Não creio que nenhum deles se apaixonou por você, não de verdade, talvez o segundo tenha sim se atraído. Agora o primeiro era cafajestagem (falo mesmo).

Eu já cheguei a uma época em achar que amor era uma invenção, pois sempre que encontrava alguém, acabava doendo muito. Então eu sei bem o que você sente.

Não tenho um conselho do tipo que o tempo vai te trazer o amor da sua vida. Isso não existe. Fiquei anos de braços cruzados esperando alguém cair do céu. Mas acabei tendo coragem e fui conversar com outras pessoas.

O primeiro passo é se amar mais Mizu. Você não é louca e nem feia. Muito pelo contrário. Quem tiver você como namorada será muito feliz, por que você é doce, uma excelente amiga, bastante compreensível, e sim, por que não linda? Lindeza não é somente o físico. Pra mim você é linda tanto interno quanto externamente.
avatar
Ma
Tormented Soul
Tormented Soul

Prontera Feminino
Clã : Bad Reputation
Mensagens : 26460
Ka$h : 148052
Likes : 208
Data de inscrição : 07/02/2011
Idade : 23
Localização : Gallifrey


http://sepaginando.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dores de cabeça sentimentais

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum