Minha linda coleção de atropelamentos

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Minha linda coleção de atropelamentos

Mensagem por Kat Loka em Dom Ago 10, 2014 11:44 pm

Vou contar, a pedidos (ahahaha), a respeito das altas aventuras em minha bicicleta voadora.

Eu costumava ir de bicicleta para o trabalho porque, como a loucura toma conta de mim quando estou sobre duas rodas, eu chegava mais rápido que de ônibus. É claro que isso deu merda muitas algumas vezes. Cortava os carros pelo meio da pista e (pasmem) até ultrapassava! Bons tempos...
Mas vamos à lista das merdas coisas que já ocorreram à minha pessoa:
Certa vez estava eu andando numa avenida comercial, onde a lateral é inteirinha um estacionamento, e vi que um ônibus logo a minha frente iria parar na próxima parada. Outro pequeno detalhe: tinha uma camionete estacionada paralela à pista. "Tem uma frestinha, dá pra passar..." Então eu acelerei para passar do ônibus antes que ele parasse e eu atropelasse a parada inteira, mas aí o fdp que estava na camionete (sim, ele estava lá dentro) abriu a porta bem na hora em que eu estava passando do ônibus e, olha só eu consegui passar, não sei como. Detalhe irrelevante: minha bike não teve a mesma sorte, olha que pena! Deixei toda a minha dignidade e um pouco de sangue no chão. Aí o cara bigodudo e de chapéu de cowboy espera eu ir lá recolher minha bicicleta para falar: 'Opa, desculpa ae!'
 ohnoes 

Outro fato memorável aconteceu em uma avenida linda chamada Hélio Prates. Os carros passam rasgando e pertinho de você. Emocionante. Aí eu estava voando pra casa, porque a pista é uma decida que parece uma montanha russa, quando o carro logo a minha frente liga sua setinha linda e feliz. Eu penso 'olha ele vai entrar ali na rua da frente. De boa, eu to no bagaço e passo dele rapidão'. Quando eu to passando dele, quando eu tava bem do lado da porta do passageiro dele, quando eu já estava colocando o indivíduo no compartimento de acontecimentos passados, o cara me vira pra entrar no estacionamento. Porra, não tá usando o retrovisor, vou recolher. Minha bicicleta ficou (ô piriguete do inferno) e eu voei e só não saí rolando por causa de um outro carro estacionado que serviu para aparar minhas costas. Mas minha batida no carro fez tanto barulho que veio um monte de gente curiar.
Um velhinho, coitado, pegou logo o telefone e foi discando pra emergência. Eu levantei, vi que não tinha quebrado nada (a não ser o retrovisor do cara) fui até a piriguete, que estava toda troncha e com a roda em um angulo esquisito, endireitei a ordinária, montei e vazei. Só lembro do véi vindo atras de mim, ignorado. Que triste.

Tá bom, depois eu conto mais.
 morri 
avatar
Kat Loka
Suicidal Singer
Suicidal Singer

Prontera Masculino
Título de Nobreza : Duque(sa) de Prontera
Mensagens : 650
Ka$h : 10096
Likes : 26
Data de inscrição : 03/08/2014
Idade : 27
Localização : To na luta.


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Minha linda coleção de atropelamentos

Mensagem por TiNoSa em Seg Ago 11, 2014 1:51 am

AAAAAA, você postou!!!

Eu também andava muito de bicicleta pra não ter que pegar ônibus! Eu não fazia tantas loucuras assim, mas já estive em situações como essas de os carros passarem rasgando e bem perto. É emocionante mesmo.

Nossa, pelo visto foram umas batidas feias o__O
Quando o cara abriu a porta, você chegou a bater na porta dele, então?
Isso aconteceu com meu pai, uma vez. Estacionou numa avenida, abriu a porta e tinha um ciclista vindo. Nossa, foi feia a batida. O cara ficou puto, só faltou matar a gente. Depois disso, acho que meu pai aprendeu e o ciclista deve ter ficado mais atento também.
Quando eu é que andava de bicicleta, eu sempre ficava de olho ao passar perto de carros que alguém pudesse abrir a porta. Dependendo da velocidade, dá pra machucar bastante.

Isso de o cara virar em cima de você, que tenso! Aconteceu comigo uma vez. Eu à direta, de boa, um carro do meu lado andando, sem dar seta pra direita, sem fazer sinal nenhum, pensei "ele vai continuar reto nessa rua junto comigo", aí o fdp me vira na primeira rua, DO NADA, bem em cima de mim, puta merda. O pneu da frente da minha bicicleta pegou na parte lateral de trás do carro dele e no que ele foi virando, meu pneu foi virando junto, aí minha bike descontrolou e eu quase caí de cima dela bem no meio de um cruzamento. A sorte é que continuei em cima dela, só coloquei os pés no chão, vi que tava tudo ok e saí andando. E no que o desgraçado virou ele foi embora, nem falou nada. Que raiva, PQP.

A segunda vez foi foda. TENSO BAGARAI. Acho que foi tipo: 90% de chance de acontecer um acidente feio e 10% de eu sair ilesa. Eu saí ilesa, ainda bem. Foi assim:
Tinha uma rua que era mão dupla que eu sempre passava. Várias outras ruazinhas menores cortavam essa rua maior. E essa tal rua tinha uma descidona que eu normalmente descia à toda, porque além de a preferencial ser minha, era bem raro algum carro ou moto apontar ali naquelas ruazinhas que cortavam e entrar nessa rua. Então eu pegava minha bike e ia com tudo. E sem freio, ainda por cima.
Aí um dia, uma pessoa resolve aparecer numa das ruas que cortavam, pra entrar na rua que eu tava. E eu pensei: esse carro vai me esperar, deve ter visto que estou descendo a rua, sem falar que a preferencial é minha.
Que nada! O(A) fdp me viu descendo a rua e entrou na minha mão, na maior lerdeeeeza, e eu indo com tudo. Aí qualquer um poderia pensar: "ah, é só pegar a outra mão ali rapidinho, ultrapassar o carro e voltar pra mão correta."
Mas tava vindo um carro na mão contrária, bem na hora  Why With Hands 
Eu pensei, tipo, em 2 segundos:
1- Se eu continuar aqui na minha mão, vou bater na traseira desse carro com tudo.
2- Se eu pegar o outro lado da pista na mão contrária, vou bater de frente com o carro que tá vindo.
3- Se eu for pro lado direito, eu caio dentro do córrego (eu tava me aproximando bem da parte da rua que era uma ponte).
4- Se eu passar bem no meio dos dois, vai ser minha única chance.

E fui na fé.
Passei com tudo no meio dos dois carros, do que tava vindo na mão contrária, e do que tava na minha mão. E eu tava numa velocidade! Acho que qualquer erro de distância ali poderia ter sido fatal. Mas eu consegui passar no meio dos dois, sem encostar neles. E olha que a rua não era muito larga.

Essa foi uma das vezes que escapei da morte ou de um acidente muito grave, assahsahu.

_________________


"Treasure, that is what you are. Honey you're my golden star.
I know you can make my wish come true. If you let me treasure you."

Isis ❤

Spoiler:






Clique e evolua essa relação, Tinoca. By: Hikaru
avatar
TiNoSa
Perverse Romanticism
Perverse Romanticism

Prontera Feminino
Clã : Nurture
Mensagens : 19634
Ka$h : 88714
Likes : 470
Data de inscrição : 13/11/2011
Idade : 25
Localização : Treasure Town


http://tinosa.deviantart.com/ https://myanimelist.net/profile/TiNoSa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Minha linda coleção de atropelamentos

Mensagem por Kat Loka em Seg Ago 11, 2014 1:32 pm

As vezes que eu passei mais perto da morte também foram as que eu saí sem sofrer nada. É tenso mesmo.
Já aconteceu de eu estar passando à esquerda de um ônibus que estava parado na parada (parado na parada rs) e ele começar a andar bem na hora. Aí começa a corrida, tem carro vindo atrás esse ônibus não tá afim de me deixar passar já to morrendo de cansaço tem mais um ônibus vindo na outra mão MEUDEUSMEAJUDA. Parece até engraçado falando assim mas na hora o coração vai na boca.
Eu também já bati em carro que entrou sem dar seta. Bati de cara no vidro de trás.
Quase me atropelaram quando eu estava feliz chegando perto de um cruzamento quando um carro acelera igual um doido pra me ultrapassar e vira à direita bem na minha frente.
Os mais fracos sempre sofrem. Em todas as esferas da vida.


ps: tem ciclista que é bocó também. Teve uma vez que eu estava esperando para atravessar uma pista de mão única, olhando só para o lado de onde vinha carro, e quando eu acho uma oportunidade de atravessar e coloco o pezinho na pista o mundo começa a girar. Quando me recupero da labirintite forçada eu descubro que foi uma bicicleta que me atropelou! Poxa vida, nem pro cara dar um gritinho. E minha perna ficou doendo uns três dias ainda.
avatar
Kat Loka
Suicidal Singer
Suicidal Singer

Prontera Masculino
Título de Nobreza : Duque(sa) de Prontera
Mensagens : 650
Ka$h : 10096
Likes : 26
Data de inscrição : 03/08/2014
Idade : 27
Localização : To na luta.


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Minha linda coleção de atropelamentos

Mensagem por TiNoSa em Seg Ago 11, 2014 1:59 pm

Da outra vez que por pouco eu escapei da morte ou de um acidente grave foi quando meu pai resolveu pegar um carro que ele tinha comprado pra eu dirigir, mas como eu não dirigia porque tenho meio que uma fobia de dirigir carros, o carro acabou perdendo o freio porque ficou muito tempo parado na garagem (mas a gente não sabia disso). Aí meu pai foi pegar o carro pra levar no posto e colocar mais gasolina, dar uma calibrada nos pneus também, e eu fui com ele. Saímos com o carro aqui na rua, que dá pra uma avenida meio movimentada. Quando meu pai foi parar no "pare" pra ver se podia atravessar a avenida, nosso carro não parou, porque tava sem freios! Aí do jeito que estávamos indo (provavelmente a uns 40km/h) nós fomos entrando na avenida e, PUTA MERDA, tinha um carro vindo com tudo naquela avenida (os carros às vezes pegam mais de 80km/h nela)!
O que o meu pai fez na hora foi dar um cavalo-de-pau pra direita, com tudo. Aí, ele ficando mais à direita fez com que o outro carro pudesse desviar rápido da gente passando mais à esquerda. E o carro passou buzinando bagarai (e provavelmente xingando).

Aí meu pai foi pro canto da pista onde dava pra parar o carro.
Meu coração, ai.........
Meu peito doeu, ficou uns 10 segundos doendo por causa do susto e meu pai pisando no freio inútil e xingando com o carro parado e eu lá sentada no banco ao lado dele com o olhar vidrado e o coração apertado.

Isso tudo aconteceu muito rápido. Eu não sei o que eu teria feito se fosse eu dirigindo. Se ele tivesse atravessado com o carro do jeito que a gente tava entrando na avenida, o outro teria batido com tudo bem na nossa lateral. Acho que rolava um capotamento brincando ali.

Depois a gente seguiu até o posto usando só o freio de mão. Eu jurava que depois daquela ele iria até desistir de ir com aquele carro no posto, mas não, kkkk.

Só sei que eu voltei pra casa até com as pernas meio bambas, sahuashuashu, cheguei aqui e falei: "Vó... você não sabe o que aconteceu..."

ASDKSOKSOKSDOAKSDOAKP, aquele dia eu considero a segunda vez que escapei da morte.
Olha, não sei quantas chances dessas eu tenho na vida, mas agora tenho duas a menos, sahahsuuh.

Pelo que você falou dos ônibus, você também deve odiar ônibus quando tá de bicicleta, né??? UHASUHASHUA, eu tenho uma raiva também, porque parece que as chances de dar algum boró aumentam.
Até de moto eu não gosto muito de ônibus.

ASHAHAHU, sim, tem uns ciclistas também que ARRRGH, uma vez eu tava numa ciclovia, no meu lado direito da pista e tava vindo um ciclista na direção contrária, e tipo, o cara vindo de bicicleta devia estar em outro planeta, porque ele não tava prestando atenção e foi entrando na minha mão, quase que nossas bikes batem de frente -.-''

_________________


"Treasure, that is what you are. Honey you're my golden star.
I know you can make my wish come true. If you let me treasure you."

Isis ❤

Spoiler:






Clique e evolua essa relação, Tinoca. By: Hikaru
avatar
TiNoSa
Perverse Romanticism
Perverse Romanticism

Prontera Feminino
Clã : Nurture
Mensagens : 19634
Ka$h : 88714
Likes : 470
Data de inscrição : 13/11/2011
Idade : 25
Localização : Treasure Town


http://tinosa.deviantart.com/ https://myanimelist.net/profile/TiNoSa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Minha linda coleção de atropelamentos

Mensagem por Dead.Doll em Seg Ago 11, 2014 2:28 pm

affraid masoq??
avatar
Dead.Doll
Demented Stranger
Demented Stranger

Turandor Feminino
Mensagens : 36
Ka$h : 175
Likes : 0
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Death Note Japan


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Minha linda coleção de atropelamentos

Mensagem por Kat Loka em Seg Ago 11, 2014 11:03 pm

Nem me fale de carro que eu fico triste  cantinho 
Quando eu peguei minha provisória, primeiro dia, primeira vez pegando o carro da minha mãe, primeiro sinal vermelho DA VIDA vem um fdp e bate na minha traseira. Nossa como deu raiva. Depois disso eu só peguei em carro umas quatro vezes e já faz uns três ou quatro anos que eu não dirijo ç.ç
Traumas

A vez que eu passei mais perto da morte (que eu tenha percebido, porque, né, ela pode estar bem aqui do meu lado fumando umazinha antes de me levar pro buraco) foi em um acidente que de fato aconteceu.
Não sei nos outros lugares do Brasil, mas em Brasília, há um tempo atrás existiam umas vans (não existem mais grazadeus) que a gente chamava de lotação, porque as bixa só andava lotada. Passava toda hora, o que era bom, porque andavam sempre no bagaço, o motorista xingando deus e o mundo e fazendo coisas perigosas, o que não era tão bom. Um belo dia estou eu e minha irmã, ainda crianças, em uma dessas vans e o motorista entra naquela curva que sobe pro viaduto com todas as velocidades do mundo, e é claro que a porra da van capota. Duas vezes. Depois disso eu só lembro de ter caminhado pelo hospital, com a blusa rasgada e sangrando (porque minha sorte é muita e eu estava do lado da janela). Minha irmã falou que a ambulância demorou pra chegar e que eu ficava o tempo todo reclamando de dor. Não lembro de nada...
Minha irmã só ficou com o joelho inchado, e eu levei ponto até dentro da orelha.
A morte já é minha brodi, a gente se encontra toda hora. Vou ali tomar um cházinho com ela e já volto :*
 hero
avatar
Kat Loka
Suicidal Singer
Suicidal Singer

Prontera Masculino
Título de Nobreza : Duque(sa) de Prontera
Mensagens : 650
Ka$h : 10096
Likes : 26
Data de inscrição : 03/08/2014
Idade : 27
Localização : To na luta.


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Minha linda coleção de atropelamentos

Mensagem por TiNoSa em Ter Ago 12, 2014 2:24 pm

Nossa, isso de baterem na sua primeira saída com a carta provisória é muito, muito azar! Algo assim deve ser traumatizante mesmo! Assim como eu, depois de todo esse tempo sem dirigir, você já deve até ter se esquecido de como é, uahhaus.

UHASHUAS, é verdade, essas são as vezes que a gente percebe a morte querendo de manifestar xD
Acho que já ouvi falar dessas vans. Mais comuns em cidades grandes, né? Aqui na minha cidade não tem, mas já vi na TV.
Então você já se envolveu até num capotamento!!!! NUSS!!
Ainda bem que vocês sobreviveram o_O
Mas ter levado ponto até dentro da orelha, deve ter se machucado bastante, então D:

UAHSUHAS, percebi mesmo que ela a morte é sua brodi. Diga que mandei lembranças e-- Não, não diga, é melhor que ela nem se lembre que eu existo, auhsuhas.

_________________


"Treasure, that is what you are. Honey you're my golden star.
I know you can make my wish come true. If you let me treasure you."

Isis ❤

Spoiler:






Clique e evolua essa relação, Tinoca. By: Hikaru
avatar
TiNoSa
Perverse Romanticism
Perverse Romanticism

Prontera Feminino
Clã : Nurture
Mensagens : 19634
Ka$h : 88714
Likes : 470
Data de inscrição : 13/11/2011
Idade : 25
Localização : Treasure Town


http://tinosa.deviantart.com/ https://myanimelist.net/profile/TiNoSa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Minha linda coleção de atropelamentos

Mensagem por Strawsweet em Seg Ago 25, 2014 1:07 am

Eu não sei andar de bicicleta lel

eu tenho pavor de andar hakdhaielqjripqkda
uma vez fui com meu amigo, eu sentei atrás, até ai tudo ok
mas ele tava sem freio e tipo
pra chegar na minha casa ou você pega uma rua, depois vira numa ruazinha pra chegar na minha rua, ou você pega um caminho longo bagarai
como nós não somos burros, pegamos o caminho mais curto, até ai ok...só que essa rua, era uma descida do caralho, e pra ele conseguir entrar na ruazinha fizemos um drift e eu quase saí voando da bicicleta *dood, arranhei toda as costas dele* ok ok, entramos na ruazinha...but...a ruazinha também era uma descida plus é toda esburacada e feita de terra zzzz parecia que eu tava montando um touro, pls ;;; ai eu pedi pra parar que eu ia a pé mesmo :v e me lembro que aquele caralho taa sem freio, nheeeuuuummm, tinha uma calçada ali, sorte que a bicicleta não voou e nem a gente
mas dude, depois desse dia, eu nunca mais subi em uma
muita adrenalina pro meu coraçãozinho
avatar
Strawsweet
Dual Personality Nurse
Dual Personality Nurse

Prontera Feminino
Mensagens : 2786
Ka$h : 58463
Likes : 76
Data de inscrição : 21/01/2012
Localização : dskjgh


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Minha linda coleção de atropelamentos

Mensagem por Makoto-kun em Seg Ago 25, 2014 9:51 am

Menino, eu te entendo.
Eu costumo ir de bike para todo o canto, se eu tiver que pedalar por menos de 2h então eu vou de bike, economizo uma boa grana.

Certa vez, estava eu indo para a casa de uma amiga, estava pedalando a mil, rápido igual alguma coisa bem rápida, só que vem um BABACA IMBECIL RETARDADO que joga o carro pra cima de mim e ainda buzina porém eu não perdi a concentração, vou entrar pela calçada e vejo um carro parado, coisa normal sabe ? Então, como estava dizendo, na hora que fui entrar o cara abre a porta do carro, eu apertei os dois freios e caí bem feio, acredita que o cara ainda queria que eu me desculpasse também ???????????????

MANO, ELE ESTAVA ERRADO, já estava em lugar que não era para estar e não me pede desculpas e nem me ajuda.

Esses dias quase perdi o dedo mindinho, filho da puta jogou o caro pra cima de mim, eu me assustei e bati com o mindinho no meio fio, ficou bem inchado e sangrou pacarai :c

Acho triste essas pessoas que não sabem usar a seta, tipo, SETA NÃO É CÚ, DÊ A SETA, DÊ A SETA SEM MEDO !!!!!

_________________



Spoiler:



I'll stand by you
Spoiler:


avatar
Makoto-kun
Preso
Preso

Prontera Masculino
Clã : Mugiwaras
Título de Nobreza : Barão de Prontera
Mensagens : 6476
Ka$h : 38899
Likes : 84
Data de inscrição : 19/12/2012
Idade : 1916
Localização : Em algum lugar


http://pequenocubiculo.tumblr.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Minha linda coleção de atropelamentos

Mensagem por Kat Loka em Sex Ago 29, 2014 9:36 pm

Nossa que coisa. Descobri que vida de skatista é ainda mais difícil. Além de não respeitarem na rua, o que já acontecia com a bike, ainda tem preconceito.
Eu fui dar aula em um endereço chique por aí e cheguei de skate (aqui é skatista agora HA) e o porteiro fez um interrogatório tão sinistro pra me deixar subir que a mãe da minha aluna ficou ofendida e ligou pra síndica pra reclamar Oo
O mundo tá esquisito.
avatar
Kat Loka
Suicidal Singer
Suicidal Singer

Prontera Masculino
Título de Nobreza : Duque(sa) de Prontera
Mensagens : 650
Ka$h : 10096
Likes : 26
Data de inscrição : 03/08/2014
Idade : 27
Localização : To na luta.


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Minha linda coleção de atropelamentos

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum