Limites.

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Limites.

Mensagem por Nínive em Dom Jun 16, 2013 5:16 pm

Acho que já cheguei no meu. Para tudo.
Simplesmente perdi a vontade de fazer as coisas: Rir, ser feliz, me divertir... Até de entrar aqui no fórum algumas vezes. Me sinto completamente vazia. Como se não existisse mais, dentro de mim, esperança, alegria, felicidade. Sinto como se essas coisas tenham sido arrancadas de mim sem piedade. Deixando-me assim. Largada, a mercê do mundo.
  E isso finalmente chegou a afetar meus estudos. Não consigo me concentrar mais, lembrar das coisas importantes quando preciso e tenho ido MUITO mal nas minhas provas. O que faz com que meus pais me chamem de vagabunda, inútil, lixo , entre outras coisas a mais. 
  Nunca suportei meus pais. Eles estão SEMPRE fazendo pouco caso de mim. Eu só quero mais é terminar o Ensino Médio e dar o fora daqui. Nunca mais voltar. 
  Eles cobram de mais de mim. Mentem sobre coisas para as outras pessoas. Coisas que eu "faço" e essas coisas e depois vem cobrar de mim e me perguntam ainda porque que eu não sou do jeito que eles queriam falaram! 
 Além  de ter que aguetar uma enorme pressão em casa, tem o meu namorado que, sendo sincera, nem parece que eu tenho. Nunca me senti tão sozinha  e abandonada como agora. E além de tudo isso que citei acima, o ÚNICO parente que parecia me entender, me levar a sério e realmente gostar de mim pelo que eu sou (meu avô) faleceu pouco antes do meu aiversário no ano passado. Pouco antes do meu aniversário de 15 anos. Ele era a pessoa mais importante para mim. E, logicamente, meu aniversário não poderia ser pior. Fora que nunca mais terei meu aniversário. Será sempre lembrado como: um dia depois do enterro do meu avô. Que apropósito, me neguei a ir. Escutar aquele monte de parente filho da puta falando bosta. Eu ODEIO isso. 
  Depois disso minha vida despencou. A única pessoa que me impediu de cair em depressão foi meu namorado. Porém, de uns meses para cá, ele tem me abandonado, me trocado por qualquer outra coisa, sendo frio e grosso. E DO NADA. Eu tenho certeza que não foi alguma merda que eu fiz,  já que este é o ofício dele... Mas realmente não faço ideia do porque.

 Tudo isso se juntou e agora esta bagunçado dentro de mim. Não tenho sentido nada mais. Apenas o enorme vazio que sobrou de mim.

Só queria desabafar um pouco... Obrigada a quem leu.
avatar
Nínive
Compulsive Liar Missy
Compulsive Liar Missy

Feminino
Mensagens : 521
Ka$h : 2964
Likes : 4
Data de inscrição : 18/04/2013
Idade : 19
Localização : Colinas


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Limites.

Mensagem por The Master em Dom Jun 16, 2013 8:17 pm

Nossa, Calma lá nivie '-'.  Sua vida é ótima. Só precisa resgatar sua felicidade. 

 É pra isso que o pessoal do forum esta aqui. Smile
avatar
The Master
Dual Personality Nurse
Dual Personality Nurse

Masculino
Clã : The Grey Wardens
Mensagens : 2927
Ka$h : 10809
Likes : 17
Data de inscrição : 05/06/2013
Idade : 17
Localização : Nippon, Namimori.


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Limites.

Mensagem por Ynys Wydryn em Dom Jun 16, 2013 8:29 pm

Apenas o que eu digo é: procure ajuda profissional.
Mas que seja profissional mesmo. Não faça como eu que ia em uma psicóloga que só me falava "sim, teu pai não liga mais pra ti porque ele tem uma nova família e agora tu tá sozinha."

_________________

your smile is so sweet as honey
just like the way flowers bloom
in the spring breeze
avatar
Ynys Wydryn
Obsessive Prince
Obsessive Prince

Feminino
Título de Nobreza : Marquesa de Turandor
Mensagens : 6774
Ka$h : 71928
Likes : 95
Data de inscrição : 05/09/2012
Idade : 21

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Limites.

Mensagem por The Master em Dom Jun 16, 2013 8:39 pm

Essa psquiatra, é cruél. '-'
avatar
The Master
Dual Personality Nurse
Dual Personality Nurse

Masculino
Clã : The Grey Wardens
Mensagens : 2927
Ka$h : 10809
Likes : 17
Data de inscrição : 05/06/2013
Idade : 17
Localização : Nippon, Namimori.


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Limites.

Mensagem por Ynys Wydryn em Dom Jun 16, 2013 8:43 pm

The Master escreveu:Essa psquiatra, é cruél. '-'
psicóloga* talvez ainda não tenha chegado ao ponto de ir pra psiquiatra auehuae

_________________

your smile is so sweet as honey
just like the way flowers bloom
in the spring breeze
avatar
Ynys Wydryn
Obsessive Prince
Obsessive Prince

Feminino
Título de Nobreza : Marquesa de Turandor
Mensagens : 6774
Ka$h : 71928
Likes : 95
Data de inscrição : 05/09/2012
Idade : 21

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Limites.

Mensagem por Nínive em Dom Jun 16, 2013 8:49 pm

The Master escreveu:Nossa, Calma lá nivie '-'.  Sua vida é ótima. Só precisa resgatar sua felicidade. 

 É pra isso que o pessoal do forum esta aqui. Smile

Aí tá o problema. Não consigo encontrá-la..
Ynys Wydryn escreveu:Apenas o que eu digo é: procure ajuda profissional.
Mas que seja profissional mesmo. Não faça como eu que ia em uma psicóloga que só me falava "sim, teu pai não liga mais pra ti porque ele tem uma nova família e agora tu tá sozinha."

Já pensei nisso. O problema é: Não tenho nenhuma relação amigável com os meus pais (o único jeito de eu procurar esse tipo de ajuda). Se eu pedir isso eles vão me encher de perguntas e me fazer sentir pior. Eles não fazem questão alguma de me entender.

Foda essa psicóloga. Vontade de falar coisas pra ela que ela nunca iria se esquecer. Q
Ynys Wydryn escreveu:
The Master escreveu:Essa psquiatra, é cruél. '-'
psicóloga* talvez ainda não tenha chegado ao ponto de ir pra psiquiatra auehuae

uahsuahsuashuas psiquiatra uhasuhsuhsauhas.
avatar
Nínive
Compulsive Liar Missy
Compulsive Liar Missy

Feminino
Mensagens : 521
Ka$h : 2964
Likes : 4
Data de inscrição : 18/04/2013
Idade : 19
Localização : Colinas


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Limites.

Mensagem por The Master em Dom Jun 16, 2013 8:50 pm

Kkkkkkkkkk, e eu achando que psquiatra, era a mesma coisa que psicológa.
Oh God Why
avatar
The Master
Dual Personality Nurse
Dual Personality Nurse

Masculino
Clã : The Grey Wardens
Mensagens : 2927
Ka$h : 10809
Likes : 17
Data de inscrição : 05/06/2013
Idade : 17
Localização : Nippon, Namimori.


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Limites.

Mensagem por Nimura-kun em Dom Jun 16, 2013 8:54 pm

Viu Ninive,eu já me senti assim mtas vezes tbm,percebi q estava me afastando do pessoal,mais na vdd eu estava afastando as pessoas mais importantes pra mim,o q eu posso lhe falar,eh q vc ta passando por um momento dificil,concerteza pesa mto,vc ñ se sente bem,mais com o tempo,vc vai recomeçar a tomar um rumo.Eu por exemplo,demorei pra tomar um rumo depois q sentia q minha mãe ñ gostava de mim,mais após um tempo,as coisas foram se ajeitando,e msm tendo parte da minha familia q me odeia(meu primo e minha tia)ainda sim vejo q eles ñ tem vergonha na cara de me jogar tudo isso na minha cara e falar frente a frente,então Ninive,o q eu te recomendo,é tentar se acalmar e se pergunte onde foi q vc errou,assim q achar a resposta,vc vai achar uma forma de melhorar isso Happy
Lhe desejo mta sorte

_________________

Spoiler:
capitão:

combatentes:

my girls:

avatar
Nimura-kun
Black Blank blah-blah-blah
Black Blank blah-blah-blah

Prontera Masculino
Clã : Holy Order of Sacred Knights
Mensagens : 3731
Ka$h : 16696
Likes : 96
Data de inscrição : 15/10/2012
Idade : 20
Localização : Em algum arcade center por ae


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Limites.

Mensagem por Nínive em Dom Jun 16, 2013 8:57 pm

Nimura-kun escreveu:Viu Ninive,eu já me senti assim mtas vezes tbm,percebi q estava me afastando do pessoal,mais na vdd eu estava afastando as pessoas mais importantes pra mim,o q eu posso lhe falar,eh q vc ta passando por um momento dificil,concerteza pesa mto,vc ñ se sente bem,mais com o tempo,vc vai recomeçar a tomar um rumo.Eu por exemplo,demorei pra tomar um rumo depois q sentia q minha mãe ñ gostava de mim,mais após um tempo,as coisas foram se ajeitando,e msm tendo parte da minha familia q me odeia(meu primo e minha tia)ainda sim vejo q eles ñ tem vergonha na cara de me jogar tudo isso na minha cara e falar frente a frente,então Ninive,o q eu te recomendo,é tentar se acalmar e se pergunte onde foi q vc errou,assim q achar a resposta,vc vai achar uma forma de melhorar isso Happy
Lhe desejo mta sorte



Obrigada Nimura. ^^
Acho que realmente tenho muito a pensar antes que me joguem pra fora de casa me despachem pra outro lugar após as férias XD
avatar
Nínive
Compulsive Liar Missy
Compulsive Liar Missy

Feminino
Mensagens : 521
Ka$h : 2964
Likes : 4
Data de inscrição : 18/04/2013
Idade : 19
Localização : Colinas


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Limites.

Mensagem por Nimura-kun em Dom Jun 16, 2013 9:01 pm

Imagina Ninive ^^
Somos amigos (ñ pessoalmente) mais estou aki pra ajudar qndo precisa haushaus Happy

_________________

Spoiler:
capitão:

combatentes:

my girls:

avatar
Nimura-kun
Black Blank blah-blah-blah
Black Blank blah-blah-blah

Prontera Masculino
Clã : Holy Order of Sacred Knights
Mensagens : 3731
Ka$h : 16696
Likes : 96
Data de inscrição : 15/10/2012
Idade : 20
Localização : Em algum arcade center por ae


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Limites.

Mensagem por The Master em Dom Jun 16, 2013 9:06 pm

Só espero não ficar assim, como vocês, Quando ficar mais velho notfu .


Última edição por The Master em Dom Jun 16, 2013 9:08 pm, editado 1 vez(es)
avatar
The Master
Dual Personality Nurse
Dual Personality Nurse

Masculino
Clã : The Grey Wardens
Mensagens : 2927
Ka$h : 10809
Likes : 17
Data de inscrição : 05/06/2013
Idade : 17
Localização : Nippon, Namimori.


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Limites.

Mensagem por Ynys Wydryn em Dom Jun 16, 2013 9:07 pm

Por algum motivo bizarro eu não consigo quotar as pessoas. Então vou ter que falar assim mesmo.. 

The Master: A grande diferença entre psicólogo e psiquiatra é que um pode receitar remédio e o outro não. 

Nínive: Bom, a mãe da minha amiga ligou pro meu pai (isso em 2011) e falou que seria bom se me levasse em um psicólogo porque ela sentia que eu tava mal e não sei o que. 
Tanto que eu passei uma boa parte do ano de 2011 tentando falar pro meu pai que queria ir, mas eu ficava com medo da reação dele. No final, a mãe da minha amiga fez isso por mim e foi mais impactante pra ele do que teria sido se eu mesma falasse ~ 

Então o que tem que fazer é arranjar alguma maneira de contar pra eles. Seja por ti ou por alguma outra pessoa. 
Uma boa ideia é ver se teu colégio possui psicóloga e ver com ela o que poderia ser feito. Semana retrasada eu fui e pedi uma outra já que essa daí que eu falei me deixava pior ainda e ela me deu uns 5 nomes.

_________________

your smile is so sweet as honey
just like the way flowers bloom
in the spring breeze
avatar
Ynys Wydryn
Obsessive Prince
Obsessive Prince

Feminino
Título de Nobreza : Marquesa de Turandor
Mensagens : 6774
Ka$h : 71928
Likes : 95
Data de inscrição : 05/09/2012
Idade : 21

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Limites.

Mensagem por Nimura-kun em Dom Jun 16, 2013 9:10 pm

The Master escreveu:Só espero não ficar assim, como vocês, Quando ficar mais velho notfu .
ixi,vc tem tempo de sobra pra começar a se importar,pelo fato de vc ser bem novinho ainda,aproveite por enquanto

_________________

Spoiler:
capitão:

combatentes:

my girls:

avatar
Nimura-kun
Black Blank blah-blah-blah
Black Blank blah-blah-blah

Prontera Masculino
Clã : Holy Order of Sacred Knights
Mensagens : 3731
Ka$h : 16696
Likes : 96
Data de inscrição : 15/10/2012
Idade : 20
Localização : Em algum arcade center por ae


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Limites.

Mensagem por Nínive em Dom Jun 16, 2013 9:54 pm

[No iPod é impossível quotar]

The Master: Aproveite. Sério. Aproveite enquanto não precisa pensar nisso.

Ynys: Bom, acho que realmente uma coisa assim seria meio que um choque pra eles, mas acho que preciso mesmo de um psicólogo.
avatar
Nínive
Compulsive Liar Missy
Compulsive Liar Missy

Feminino
Mensagens : 521
Ka$h : 2964
Likes : 4
Data de inscrição : 18/04/2013
Idade : 19
Localização : Colinas


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Limites.

Mensagem por The Master em Dom Jun 16, 2013 10:08 pm

Eu to no PC, e não consigo quotar, aliás, eu não consigo nem escrever, só copiar e colar aqui.
------------

 Ok então. Nimura e nivie. 
notfu
avatar
The Master
Dual Personality Nurse
Dual Personality Nurse

Masculino
Clã : The Grey Wardens
Mensagens : 2927
Ka$h : 10809
Likes : 17
Data de inscrição : 05/06/2013
Idade : 17
Localização : Nippon, Namimori.


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Limites.

Mensagem por Tyler em Dom Jun 16, 2013 10:53 pm

Agora me senti sortudo e estranho. Tipo, a maioria de vocês falando e compartilhando de problemas familiares, exceto um que ainda está novo e não passou pela "fase das cobranças". Mas dai, lembro que já até sou maior de idade e nem passei por esses problemas, ou que eu simplesmente ignorei metade ._.

Mais ou menos assim, meu pai e minha mãe brigam muuuuuuuuuuuito a muuuuuuuuito tempo e eu penso que é melhor se separarem logo,mas nem falo pra eles, penso que uma hora não aguentarão mais e pronto >.>

Meu pai é meio zZZZzzzZZzz pros filhos, é tipo TRABALHO, TRABALHO E TRABALHO... depois vadiar (isso mesmo, por isso as briga). Quem me cobra até o que não posso é minha mãe, mas vou meio que ignorando e respondendo *tábom,vou estudar beeeeem muuuuuuuito e ir pra beeeeeeeem looooooooooooooongeeeeee* dai ela fica xingando um pouco mas pára de me cobrar por uns dias ~~

Então, tecnicamente não sou um dos melhores pra dar conselhos, mas quiser conversar pra se distrair creio que me saio melhor :3
avatar
Tyler
Somnambulist Butcher
Somnambulist Butcher

Prontera Masculino
Clã : Nurture
Mensagens : 14192
Ka$h : 21463
Likes : 104
Data de inscrição : 28/06/2011
Idade : 1922
Localização : Shangri-La


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Limites.

Mensagem por Ynys Wydryn em Dom Jun 16, 2013 11:10 pm

Se você começa a considerar que precisa é porque > realmente precisa. ^^

_________________

your smile is so sweet as honey
just like the way flowers bloom
in the spring breeze
avatar
Ynys Wydryn
Obsessive Prince
Obsessive Prince

Feminino
Título de Nobreza : Marquesa de Turandor
Mensagens : 6774
Ka$h : 71928
Likes : 95
Data de inscrição : 05/09/2012
Idade : 21

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Limites.

Mensagem por Sora Nimus em Ter Jun 18, 2013 11:13 am

A diferença entre psiquiatra e psicologo é que um faz medicina e outro psicologia(misto da filosofia). E ainda remédios para tratamento mental são receitados apenas em casos específicos pelo psiquiatra.

Não precisa esperar muita coisa dessas pessoas, faça sua própria família. Amar a si mesmo é a solução.

Tem algum plano de carreira profissional?

_________________
Minha entidade de precisão:


avatar
Sora Nimus
Furious Witch
Furious Witch

Prontera Masculino
Clã : Holy Order of Sacred Knights
Mensagens : 7352
Ka$h : 29636
Likes : 148
Data de inscrição : 10/08/2012
Idade : 23
Localização : Academia de Atlas


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Limites.

Mensagem por Nínive em Dom Jun 23, 2013 4:33 pm

Tyler: Acho isso muito legal. Isso é bom. ^^ Ainda bem. Não desejo o que eu sinto pra mais ninguém.

Ynys: Sim... Acho que deveria... Realmente.

Sora: Concerteza é um começo. 
Carreira profissional? Penso em algo relacionado a imunologia. Ou biologia molecular.
avatar
Nínive
Compulsive Liar Missy
Compulsive Liar Missy

Feminino
Mensagens : 521
Ka$h : 2964
Likes : 4
Data de inscrição : 18/04/2013
Idade : 19
Localização : Colinas


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Limites.

Mensagem por Kamui_Kusanagi em Qua Jun 26, 2013 6:36 am

eu sou meio suspeito pra te dar um conselho, mesmo q minha mãe tenha as mesmas atitudes dos seus pais, eu sempre fui muito relax, o q ela falava pra mim, de ser inutil, vagabundo, preguiçoso, entrava por um ouvido e sai pelo outro, pq eu sabia q eu non era, é tudo questão de vontade. nós só fazemos quando queremos!

e uma coisa vc tem q aprender, se non estão com vc, estão contra vc, e se estão contra vc, enquanto estiver dependendo deles, apenas abaixe a cabeça, assim q vc puder decidir seu rumo, faça acontecer! não adianta ficar se lamentando q a vida é dificil e talz, vc só vai entrar em depressão, ao invés disso, já pense no passo adiante, no q vc vai fazer pra sair dessa situação
avatar
Kamui_Kusanagi
Demented Stranger
Demented Stranger

Masculino
Mensagens : 63
Ka$h : 122
Likes : 1
Data de inscrição : 01/06/2013
Idade : 1504
Localização : in the end of eternity!


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Limites.

Mensagem por Yusuke em Qui Jun 27, 2013 9:20 pm

Normal minha querida. Logo passa e você amadurece e aprende a lidar com isso.
O conselho que posso te dá é ande com calma que logo a gente chega lá.
Enquanto isso ouça Morrissey fuderosaum
avatar
Yusuke
Compulsive Liar Missy
Compulsive Liar Missy

Masculino
Mensagens : 563
Ka$h : 951
Likes : 16
Data de inscrição : 26/07/2011
Idade : 23

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Limites.

Mensagem por TiNoSa em Sex Jun 28, 2013 5:20 pm

Hoje pensei "deixa eu reservar um tempinho pra ler esse tópico que tá ativo já faz uns dias no Blog e ainda não vi do que se trata" Face 01 
Acabou sendo um tópico com o qual me identifiquei.
Minha resposta tem um pouquinho de algumas respostas que já foram dadas aqui. Vou comentar seu tópico como uma pessoa que já passou por isso (com algumas diferenças).
Quando eu tinha mais ou menos a sua idade (eu tinha 14, na verdade), eu comecei a me sentir da mesma forma. A descrição é mais ou menos como a que você colocou, tinha uma tristeza ou um vazio por dentro, pressão da escola, alguns descontentamentos com os pais (não exatamente pelos mesmos motivos que os seus, mas tinha). Isso somado a outras coisas que foram se acumulando como pedras que depois formaram uma montanha, como um obstáculo que eu não conseguia superar. No fundo, eu sentia que era por tudo isso e ao mesmo tempo não, que por um motivo inexplicável eu comecei a me sentir assim.
Por um lado, eu acho que é normal mesmo, essa fase da adolescência tem seus altos e baixos, e com o tempo sentimentos assim passam, com o amadurecimento e tal, como o Yusuke disse.
Porém, isso também pode ser sério, e o ideal é que seja tratado se persistir por um certo tempo. Pode ser depressão, e isso quando não é acompanhado por um profissional pode se arrastar por anos. Eu fiquei dos 14 aos 17 assim, ou seja, foram quase 4 anos nos quais eu sentia que estava dentro de um poço profundo, sem esperanças de conseguir sair. No seu caso, pode ser que isso esteja no começo, então eu recomendo que você procure ajuda antes que piore (eu fui deixando, deixando, e como o tempo a gente começa até a pensar em suicídio). Como a Ynys disse, que seja ajuda profissional, com um(a) psicólogo(a), e que você se sinta bem em se abrir com ele(a) - isso facilita o tratamento.
Remédios eu não recomendo, por experiência própria. Eu tomei e já te aviso que esses remédios tarja preta são pesados e acho que, nesse caso, só "contornam" o problema, mas não o solucionam. Também, se você ficar 24hs por dia no "mundo da lua", obviamente você vai deixar de pensar nos seus problemas, mas isso vai resolver alguma coisa? Pra mim não resolveu nada. Claro, esses eram os que eu tomava, podem existir N remédios com N soluções diferentes, mas sinceramente, eu não recomendo. Sem falar que há riscos de dependência química e psíquica.
O melhor é que o mal seja cortado pela raiz, e nisso o tratamento psicológico pode te ajudar. O(a) psicólogo(a) vai procurar identificar a causa dos seus problemas e encontrar soluções para eles. Mas para isso, você também tem que cooperar. Muitos dos resultados são graças aos nossos próprios esforços. Quando procurar tratamento, você deve estar disposta a melhorar e fazer o possível para isso.
Eu também não tinha uma relação tão boa com meus pais a ponto de pedir ajuda, eu também achava que isso poderia chocá-los, mas se quer um conselho, peça agora, peça enquanto você está relativamente bem, não espere os descontentamentos se acumularem a ponto de você surtar e aí eles verem o problema, isso é que pode deixá-los realmente chocados/preocupados.
Tente conversar numa boa, dizendo que você não está muito bem, você pode até descrever mais ou menos como está se sentindo, dizer que gostaria de fazer algumas sessões de tratamento psicológico e tal. Se o(a) psicólogo(a) ver que é necessário e que é sério, ele provavelmente conversará com os seus pais (o profissional também não contará tudo o que você disse, porque eles seguem uma ética).
Bom, espero que dê tudo certo se você resolver procurar tratamento. No meu caso, resolveu não só o problema da depressão, mas outros problemas que eu nem sabia que tinha. Fez muito bem pra mim.
Fiz o tratamento por dois anos, eu fui procurar quando já estava bem mal mesmo (eu deveria ter ido antes), e no primeiro ano eu não via surtir efeito, mas insisti mais um pouco e no segundo ano eu comecei a melhorar realmente com o tratamento. Acho que esse tempo varia de pessoa pra pessoa, de psicólogo pra psicólogo, de caso pra caso, mas já deixo aqui registrada a minha experiência de que pode demorar um pouco ^^''

Ah, sim, antes que eu me esqueça, sobre o que você disse sobre seu namorado... Eu entendo que namorados "são pra essas coisas", ou melhor, qualquer pessoa que se importe, seja familiar, amigo ou namorado, vai querer o seu bem e estar contigo para o que for preciso, pra te dar apoio, mas cuidado pra não usar as pessoas como muletas. Porque se um dia elas não estiverem mais na sua vida, você vai cair.
Então evite depositar a esperança de seus problemas somente nas outras pessoas, não deixe de desenvolver as suas próprias forças, porque é como alguém disse aqui: no fim das contas, nós somos sozinhos.

Enfim, muito do que falei aqui é no caso de ser ou de se tornar depressão, mas talvez não seja o seu caso. Se não for, é aquilo, a vida tem seus altos e baixos mesmo, mas acho que essa fase da adolescência é a pior. Tem gente que passa por ela de boa, tipo o Tyler, mas pra muitas pessoas é um período conturbado. Depois tendemos a ficar mais sossegados ^^

Ficou gigante essa resposta, mas eu quis passar pra você algumas coisas que penso, misturadas com fatos que aconteceram comigo e que podem servir pra você ter uma idéia de como essas coisas funcionam, e que você também possa refletir sobre isso e decidir o que é melhor fazer.
Estou torcendo pra que tudo dê certo ;]

_________________


Spoiler:






Clique e evolua essa relação, Tinoca. By: Hikaru
avatar
TiNoSa
Perverse Romanticism
Perverse Romanticism

Prontera Feminino
Clã : Nurture
Mensagens : 19886
Ka$h : 91225
Likes : 476
Data de inscrição : 13/11/2011
Idade : 25
Localização : Treasure Town


http://tinosa.deviantart.com/ https://myanimelist.net/profile/TiNoSa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Limites.

Mensagem por Nínive em Sab Jun 29, 2013 5:01 pm

Kamui: Acho que o que você disse me ajudou bastante. Obrigada mesmo ^^

Yusuke: Bom, acho que, de fato, tem que levar tudo na calma...
Pode ser só uma coisa passageira ^^

TiNoSa: (Ficou tão grande que travou o pc do meu pai xD)
Primeiro de tudo: Obrigada. Sério. Foi de grande ajuda, assim como o post do Kamui, ajudou muito.
Bom, acho que me fez parar e pensar. Refletir.
De fato, tenho que começar a andar pelas minhas próprias pernas. Tentar me resolver comigo mesma. Considero realmente um psicólogo. Acho que poderia ser muito bom para mim. Porém quando conversar com os meus pais (acredite, quando era menor já tentei) eles vão falar que eu não preciso de psicólogo pq: 1- Posso resolver qualquer coisa com eles. É só conversar direito com eles que ficará tudo certo. 2- Por que é frescura minha, estou exagerando. Que absurdo eu precisar de um psicólogo.
Eles não me levam nem pra um otorrino pra tirar as minhas amígdalas que eu preciso tirar desde os 6 anos. q
A questão é que eles acham que ninguém aqui na casa precisa de médico a não ser que esteja morto/morrendo. Fora isso: Ah, depois eu marco. Ah, vc não precisa agora, pode deixar pra depois... E assim vai indo. Quase perdi um dedo do pé por isso (y)
Quando ao meu namorado: Acho que já disse aqui que me apego MUITO as coisas. E pessoas são uma das coisas que eu me apego. Não suporto ver pessoas que eu confiei/gostei/amei se afastando. A maioria dessas pessoas me deixa de fato feliz, só do fato de eu pensar que elas irão em bora me deixa triste. Não está mt saudável pra mim isso, mas sou horrível com essas coisas ç.ç Não sei mesmo o que fazer. Tento me "libertar" dessas pessoas mas não consigo.

Obrigada ^^
avatar
Nínive
Compulsive Liar Missy
Compulsive Liar Missy

Feminino
Mensagens : 521
Ka$h : 2964
Likes : 4
Data de inscrição : 18/04/2013
Idade : 19
Localização : Colinas


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Limites.

Mensagem por TiNoSa em Seg Jul 01, 2013 1:48 am

Nínive escreveu:Kamui: Acho que o que você disse me ajudou bastante. Obrigada mesmo ^^

Yusuke: Bom, acho que, de fato, tem que levar tudo na calma...
Pode ser só uma coisa passageira ^^

TiNoSa: (Ficou tão grande que travou o pc do meu pai xD)
Primeiro de tudo: Obrigada. Sério. Foi de grande ajuda, assim como o post do Kamui, ajudou muito.
Bom, acho que me fez parar e pensar. Refletir.
De fato, tenho que começar a andar pelas minhas próprias pernas. Tentar me resolver comigo mesma. Considero realmente um psicólogo. Acho que poderia ser muito bom para mim. Porém quando conversar com os meus pais (acredite, quando era menor já tentei) eles vão falar que eu não preciso de psicólogo pq: 1- Posso resolver qualquer coisa com eles. É só conversar direito com eles que ficará tudo certo. 2- Por que é frescura minha, estou exagerando. Que absurdo eu precisar de um psicólogo.
Eles não me levam nem pra um otorrino pra tirar as minhas amígdalas que eu preciso tirar desde os 6 anos. q
A questão é que eles acham que ninguém aqui na casa precisa de médico a não ser que esteja morto/morrendo. Fora isso: Ah, depois eu marco. Ah, vc não precisa agora, pode deixar pra depois... E assim vai indo. Quase perdi um dedo do pé por isso (y)
Quando ao meu namorado: Acho que já disse aqui que me apego MUITO as coisas. E pessoas são uma das coisas que eu me apego. Não suporto ver pessoas que eu confiei/gostei/amei se afastando. A maioria dessas pessoas me deixa de fato feliz, só do fato de eu pensar que elas irão em bora me deixa triste. Não está mt saudável pra mim isso, mas sou horrível com essas coisas ç.ç Não sei mesmo o que fazer. Tento me "libertar" dessas pessoas mas não consigo.

Obrigada ^^

Até o pc do seu pai reconheceu que ficou grande, ahusashu.
Mesmo? Fico feliz por ter ajudado em algo.
Que complicado... Eles podiam entender que psicólogos fazem até uma faculdade porque não é qualquer pessoa que pode resolver determinados problemas dos outros... Mas eu espero que se você tentar conversar novamente com eles, eles entendam, porque dependendo do que for o seu caso, pode ser necessário. Bom, acho que o máximo que posso fazer é te desejar boa sorte num diálogo com eles =/
Eu entendo perfeitamente, sei como é triste e como a gente acaba se apegando a determinadas pessoas, inconscientemente. Eu também penso que um dia não terei mais as pessoas que são importantes pra mim e também fico triste, mas infelizmente essa é uma daquelas verdades da vida que ninguém gosta de encarar. Mas tente não pensar muito sobre isso de perdê-las, tente se focar mais no agora aproveitando os bons momentos com elas e ao mesmo tempo tentando aceitar a idéia de ser independente. Eu sei que é difícil, eu também passo por problemas assim >.<
Enfim, espero que eu tenha realmente ajudado. Precisando de algo, pode me mandar uma MP, qualquer coisa =)

_________________


Spoiler:






Clique e evolua essa relação, Tinoca. By: Hikaru
avatar
TiNoSa
Perverse Romanticism
Perverse Romanticism

Prontera Feminino
Clã : Nurture
Mensagens : 19886
Ka$h : 91225
Likes : 476
Data de inscrição : 13/11/2011
Idade : 25
Localização : Treasure Town


http://tinosa.deviantart.com/ https://myanimelist.net/profile/TiNoSa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Limites.

Mensagem por Yusuke em Qua Jul 03, 2013 3:23 am

hahaha
Vou dar um ponto de vista mais sério blink

Acho que muitas pessoas que chegam nessa idade, ficam nesse esquema. Talvez seja a idade, os hormônios e tudo mais juntando e te deixando assim. O que realmente é chato, eu por exemplo sou sentimental ao extremo, então qualquer coisa que eu sei que pode foder comigo, eu já fico meio receoso, porque eu sei que eu vou me foder sentimentalmente com isso. Sobre apegar a algo. Eu sou assim também e o conselho que posso te dar é que viva enquanto der, porque depois tchau. Um exemplo meu é que eu tinha uma amizade que eu acreditava ser mais séria, the best sakas? Então, quando discutimos, ela sumiu, eu corri atrás e depois de um mês, voltou, ae aquela sensação de que encheu algo que eu não tinha voltou. Por fim, por uma briga besta, que ela que começou, sumiu novamente. Mas diferente de antes, eu tive a percepção de não correr atrás, porque dá ultima vez, até chorei por dias, fiquei tremendo e tudo mais, não pensava em mais nada do que aquilo. Corri atrás e resultado, me fodi novamente.

Aprendi que a vida te ensina de um jeito ou de outro que quem gosta de você é você. E que mesmo que as pessoas ao seu redor, que você se apega, te deixa feliz, você tem que ser forte o suficiente para se desapegar. Mas como desapegar que é o X da questão? Então, cada um tem seu jeito. Eu por exemplo, ampliei meu círculo social tanto virtual como pessoal, me dei mais valor e quando eu queria correr atrás de alguém do passado, me lembrava o que ela fez e me perguntava se valia mesmo a pena.

Resultado: Hoje tenho um amigo que posso contar para qualquer hora, inclusive um super parceiro de chachaça, de desabafo, de rolê e tdo mais e inclusive conheci em um fórum de animês. hahahah

O conselho que quero passar para você é que conheça você, veja seus limites e treine para melhorar e lembrando, quem gosta de você é você.
avatar
Yusuke
Compulsive Liar Missy
Compulsive Liar Missy

Masculino
Mensagens : 563
Ka$h : 951
Likes : 16
Data de inscrição : 26/07/2011
Idade : 23

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Limites.

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum